Restaurante est! est! est!: Um pedacinho da Itália em BH

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someonePrint this page

Em uma movimentada avenida de Belo Horizonte, passando por uma pequena porta, um pedacinho escondido da Itália. Este é o est! est! est!, o restaurante que fomos conhecer no último fim de semana. A casa lançou um novo cardápio e estávamos lá para experimentar.

Chegamos para o almoço e fomos recepcionados pela simpática gerente Olenka Menta, que prontamente nos apresentou e contou um pouco da história do restaurante.

O est! est! est! funciona há 4 anos em uma casa que desde a década de 30 pertence a mesma família. Os proprietários decidiram manter os cômodos e detalhes originais da antiga construção para proporcionar aos clientes um ambiente tradicionalmente italiano. A sensação que tivemos ao entrar no estabelecimento foi de percorrer pequenos becos em bairros antigos da Itália.

est est

A decoração cria um clima tipicamente italiano

Depois de um breve tour, fomos para nossa privilegiada mesa com vista para a área externa, mas no conforto do ar condicionado, pois o dia estava bem quente.

Ficamos encantados com a decoração e a riqueza dos detalhes que misturava simplicidade com requinte de uma forma bem natural.

botao-foto-gourmet

Fomos apresentados ao Chef Simone Biondi e sua equipe que nos entregou o novo cardápio da casa, falou um pouco sobre os novos pratos, passou informações muito legais sobre o restaurante e sobre uma autêntica refeição italiana:

  • A refeição segue uma ordem tradicional – antepasto, primeiro prato, segundo prato, sobremesa e finalmente o café;
  • Na Itália, a refeição é uma hora sagrada, quase que um ritual, por isso chegam a ficar em media de três a quatro horas sentados à mesa, saboreando;
  • É terminantemente proibido servir a carne junto com a massa, logo, o restaurante segue a tradição à risca e serve primeiro a massa, depois a carne;
  • O restaurante conta com uma carta de vinhos 100% italiana com mais de 200 rótulos de todas as regiões da Itália;
  • Eles trabalham com massas artesanais feitas pelo próprio Chef Simoni Biondi, e receitas regionais. A quantidade de pratos com massas artesanais são limitadas por dia, o que torna o menu exclusivo e bastante atrativo.

montagem-est-2

Chef Simone Biondi comanda a cozinha do restaurante

Depois dessa pequena aula, vamos aos nossos pratos!

Aceitamos a sugestão da casa recebemos para entrada um Cestino di Pane (Pães Artesanais) e Filetto in Crosta (Filé tipo rosbife em crosta de sal grosso e ervas, servido com lascas de Parmigiano Reggiano). “Eu só posso dizer que estava perfeito! O Filetto estava fantástico e os pães artesanais, principalmente a Focaccia  com um pouco de azeite, deliciosos!” – Mateus.

img_9361

Filetto in Crosta, inexplicável de bom

Em seguida, também dentro do novo cardápio, pedimos duas massas artesanais aceitando mais uma sugestão para o prato principal. E mais uma vez ficamos extremamente felizes com as escolhas, pois as massas artesanais são feitas com muita dedicação e o sabor é indescritível.

“O meu prato era um Pappardelle alla Boscaiola (Fitas largas de massa com ovos ao molho de linguiça artesanal, cogumelos e creme de leite) que estava tão maravilhoso que eu fiquei procurando palavras para defini-lo e acreditem, até hoje não achei.” – Lu.

est est est

Prato da Lu – Pappardelle alla Boscaiola

Já o prato do Mateus era um Plin di Salmone e Mascarpone al Limone (Massa com ovos e beterraba com recheio de salmão e mascarpone ao molho branco de limão-siciliano) que estava igualmente delicioso.

est est est

Prato do Mateus – Plin di Salmone e Mascarpone al Limone

Estávamos extremamente satisfeitos então pulamos o segundo prato, o que neste caso é aceitável, e fomos direto para a sobremesa. Pedimos uma Pere al Vino (Pera cozida no vinho tinto. Servido com bola de sorvete vegano Goccia di Latte), que também compõe o novo cardápio, e é uma ótima opção de sobremesa vegana. Ficamos boquiabertos com a leveza e sabor da sobremesa e vale muito a pena saborear!

est est est

Sobremesa perfeita e vegana

Para fechar, na hora do café tivemos mais uma aula sobre a tradição gastronômica italiana e experimentamos café com Grapa, que é uma bebida que lembra muito a nossa cachaça, porém feita a base de uvas. Degustamos também um licor de limão-siciliano e um de chocolate, juntamente com o café.

“Confesso que amo café, mas achei esse um pouco forte, então deixei pro Mateus que gostou e bebeu tudo… rsrs…” – Lu.

est est est

Licores artesanais, mais uma especialidade da casa

O Chef ainda nos apresentou um biscoito bem estranho, com um nome curioso – Brutti ma Buoni – que traduzindo para o português remete exatamente ao que ele é: feio, mas gostoso. Acreditem, é muito gostoso! Parece um suspiro com nozes.

est est est

Brutti ma Buoni, feio mas gostoso

Aprendemos como é uma tradicional refeição italiana e já colocamos em prática, afinal, ficamos quase quatro horas sentados saboreando todas essas delícias, sem pressa nenhuma. Na hora de ir embora, mais fotos e muitos agradecimentos. Lembraremos sempre de todo o carinho com que fomos recebidos, do atendimento de primeira, da decoração linda e acolhedora e da gastronomia autêntica italiana perfeita!

est est est

Mais uma experiência incrível!

Dica do Casal Mil

Nas quartas e quintas o restaurante apresenta duas propostas bem legais para sair da rotina:

QUARTA-FEIRA – La dolce vita! – A cada 4 mulheres presentes na mesa a casa oferece um espumante / QUINTA-FEIRA – Drinks típicos italianos – Dose dupla de drinks das 18h às 21h.

Consulte as condições com o estabelecimento.

EST! EST! EST!

Endereço: Avenida Getúlio Vargas, 107 – Bairro Funcionários – Belo Horizonte – MG

Valores: Cestino di Pane – R$12,00 / Filetto in Crosta – R$42,00 / Pappardelle alla Boscaiola – R$52,00 / Plin di Salmone e Mascarpone al Limone – R$56,00 / Pere al Vino – R$20,00

 

Luiza e Mateus

www.casamil.com.br

Estivemos no est! est! est! no dia 25 de março de 2017. O Casal Mil visitou a casa a convite do restaurante, mas todas as opiniões aqui relatadas são isentas e imparciais, o que reflete nossa real experiência.

Veja também:

+ Festival Della Pasta, em Campos do Jordão

+ Alma Chef, curso de gastronomia saudável

+ Noite do Petiscos

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someonePrint this page

5 comentários em: “Restaurante est! est! est!: Um pedacinho da Itália em BH

  1. Estive lá nessa semana! Atendimento bom, lugar agradável. O que não gostei foi o tamanho das porções! Optamos por raviolis que estavam fora do cardápio, a preços de mais de R$60,00. O meu, recheado de atum, não era essa fartura aí da foto. Vieram seis massinhas, e não estavam ainda no ponto, um pouco duras. A outra, nero, com molho de laranja estava melhor. O vinho mais barato custa R$78,00. Enfim, um restaurante italiano com porções da !nouvelle cuisine”! Cada vez gosto mais do Olegário!

    1. Ei Ana, tudo bem? Obrigado por compartilhar sua experiência no restaurante, mesmo que não tenha sido das melhores… quando fomos, realmente adoramos! E sabemos que não é um dos mais baratos, realmente…

  2. Gente, não posso deixar de dizer que o est participa dos ChefsClub, com isso, almoçar lá nas terças ou quartas você tem um desconto glamouroso de 50% no prato! Adoro o Chef e tudo que ele faz é simplesmente delicioso! O post ficou ótimo! Beijo pra vocês!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *