Festival de Inverno de Sabará completa 50 anos com uma programação especial

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someonePrint this page

A bela cidade de Sabará vai se transformar em um importante centro de cultura e diversão durante o mês de julho com a realização da 50ª edição de seu Festival de Inverno. A comemoração de bodas de ouro inclui uma programação extensa e diversificada até o dia 28 de julho, com direito a shows de rock, espetáculos teatrais e circenses, oficinas culturais, o tradicional Encontro de Bandas envolvendo diversas corporações instrumentais do estado, feira de artesanato e muitas outras atrações. Dentro das festividades está a comemoração dos 308 anos da cidade, no dia 17 de julho de 2019.

O Festival de Inverno de Sabará vai ocupar diferentes espaços públicos do centro histórico da cidade e bairros com atrações que começam desde a manhã até a noite. O evento é uma realização da Prefeitura Municipal de Sabará, pelas mãos do prefeito Wander Borges e do secretário municipal de cultura de Sabará, Hamilton Alves com apoio da Lei de Incentivo à Cultura do Governo Federal por meio do Ministério da Cidadania do Governo Federal. Esta 50ª edição é patrocinada pela Macaúbas Meio Ambiente e AngloGold Ashanti.

No dia 17 de julho, dia do aniversário de 308 anos da cidade, o show com Mumuzinho será o ponto alto. O dia começa com Missa e Solenidade de Transferência Simbólica da sede da Comarca para o Arraial Velho – Um dos núcleos pioneiros na formação do município, na Igreja de Sant’anna no Arraial Velho e termina no Centro Cultural José Costa Sepúlveda, Cine Bandeirante, às 18h com o espetáculo Poesia em Expressão protagonizado pelo Ballet Municipal.

Na última sexta-feira do festival o espetáculo será na Praça Santa Rita com a Cyntilante Produções apresentando “Os Saltimbancos”, às 19h30 e o Cine Bandeirante recebe a Orquestra Sinfônica de Betim e os solistas Alphonsus de Melo Silveira e Thallyana Barbosa da Silva, às 21h. No sábado, dia 27 de julho, um grande momento do festival será a apresentação, a partir das 19h30h, da Orquestra Ouro Preto juntamente com Fernanda Takai na Praça Melo Viana.

O último dia de festival também promete muita emoção com apresentação da quadrilha Renascer Junino Casa Azul, barraquinhas e leilão e também o IV Encontro de Congadeiros. Espetáculos teatrais e musicais também estão no cronograma e o grande encerramento se dá com o Encontro de Quadrilhas, na Praça Melo Viana, com apresentações dos grupos Arraial do Morro, Maluca, Renascer Junino Casa Azul, São Mateus, Sem Nome e Nova Geração. Segue em anexo a programação completa do Festival de Inverno de Sabará 2019.

O Festival de Inverno de Sabará é realizado através da lei de incentivo a cultura e tem como patrocinadores a Macaúbas Meio Ambiente, Anglo Gold Ashanti, apoio da Padaria Vô Pedro, gestão de Huemara Neves da JH Produções e Secretarias de Cultura, Turismo e Meio Ambiente de Sabará, além da Prefeitura Municipal. A realização é da Secretaria Especial da Cultura e Ministério da Cidadania do Governo Federal.

Programação Completa:

DIA 17/07 (QUARTA-FEIRA)

1711 – VILLA REAL DE NOSSA SENHORA

DA CONCEIÇÃO DO SABARÁ

2019 – 308 anos

Igreja de Sant’anna – Arraial Velho

09h – Missa e Solenidade de Transferência Simbólica da sede da Comarca para o

Arraial Velho – Um dos núcleos pioneiros na formação do município.

Praça Santa Rita

11h – Espetáculo: Princesa Sofia

Grupo: Cyntilante – Classificação Livre

12h – DJ Wanderson Siqueira

19h – Show Cinara Ribeiro

Praça Melo Viana

14h – Barraquinhas e Som Mecânico – DJ Maielo

18h – Lucas Penna

21h – Show Especial com MUMUZINHO

Centro Cultural José Costa Sepúlveda – Cine Bandeirante

18h – Poesia em Expressão – Ballet Municipal

 

DIA 18/07 (QUINTA-FEIRA)

Biblioteca Pública Professor Joaquim Sepúlveda

13h – Oficina de Pipas e Papagaios – II Módulo.

Centro Cultural José Costa Sepúlveda – Cine Bandeirante

08h – Sessão de cinema: Vickie e o tesouro dos deuses – Classificação Livre

14h – Sessão de cinema: Vickie e o tesouro dos deuses – Classificação Livre

20h – Sessão de cinema: Aquarius – Classificação 16 anos

 

DIA 19/07 (SEXTA-FEIRA)

Bosque Municipal

09h – Oficina de Reciclagem

Classificação Livre (não é necessário fazer inscrição)

Centro Cultural José Costa Sepúlveda – Cine Bandeirante

20h30 – Espetáculo: Manda quem pode, obedece quem é marido

Grupo: C13 Produções Entrada gratuita* – Classificação: 14 anos

Pedra Rachada – Pompéu

18h – Abertura do 15º Festival Pedra Rachada de Bouldering

 

DIA 20/07 (SÁBADO)

Pedra Rachada – Pompéu

08h – 15º Festival Pedra Rachada de Bouldering

Informações: www.pedrarachadabouldering.com.br

Praça de Esportes

14h – Campeonato Municipal de futebol Society

Abrigo Irmã Tereza

15h – Apresentação Arautos da Poesia

Praça Santa Rita

11h – Espetáculo: Sufoco

Grupo: Circo do Sufoco – Classificação Livre

Rua da Quadra – Bairro Pompéu

14h – Espetáculo: O Circo Chegou

Grupo: Trupe Gaia – Classificação Livre

Praça do Povo – Bairro Fátima

16h – Espetáculo: Sufoco

Grupo: Circo do Sufoco – Classificação Livre

Centro Cultural José Costa Sepúlveda – Cine Bandeirante

20h30 – Orquestra de Violeiros Arpejo de Ouro Branco

Entrada Gratuita* – Classificação Livre

 

DIA 21/07 (DOMINGO)

Capela Senhor Bom Jesus – Morro da Cruz

10h – Missa Especial

Pedra Rachada – Pompéu

08h – 15º Festival Pedra Rachada de Bouldering

Informações: www.pedrarachadabouldering.com.br

Praça Santa Rita

09h – Etapa da Copa Minas Race Mountain Bike

09h – DJ Ronildo

10h – Feira de Artesanato

14h – Show Banda Boralá

17h – Show Adelmo e Banda

Centro Cultural José Costa Sepúlveda – Cine Bandeirante

16h – Espetáculo: Os Três Porquinhos

Grupo: Argumento

Entrada Gratuita* – Classificação Livre

Praça Central – Bairro General Carneiro

16h – Espetáculo: O Circo Chegou

Grupo: Trupe Gaia – Classificação Livre

 

DIA 22/07 (SEGUNDA-FEIRA)

Biblioteca Pública Professor Joaquim Sepúlveda

13h – Abertura da oficina de Bonecos de Lã

 

DIA 25/07 (QUINTA-FEIRA)

Centro Cultural José Costa Sepúlveda – Cine Bandeirante

10h – Sessão de cinema: O Grilo feliz e os insetos gigantes – Classificação Livre

14h – Sessão de cinema: O Grilo feliz e os insetos gigantes – Classificação Livre

20h – Sessão de cinema: O Palhaço – Classificação 10 anos

Igreja de Sant’Ana – Arraial Velho

19h – Abertura da Festa de Sant’Ana– Reza do Terço – Santa Missa, logo após

Procissão da Bandeira de Sant’Ana.

20h30 – Barraquinhas e som mecânico

 

DIA 26/07 (SEXTA-FEIRA)

Centro Cultural José Costa Sepúlveda – Cine Bandeirante

21h – Orquestra Sinfônica de Betim- Solista Alphonsus de Melo Silveira e Solista

Thallyana Barbosa da Silva

Praça Santa Rita

19h30 – Espetáculo: Os Saltimbancos

Grupo: Cyntilante Produções – Classificação Livre

Igreja de Sant’Ana – Arraial Velho

08h – Abertura da Igreja de Sant’Ana para visitação

19h – Reza do Terço

19h30 – Santa Missa com benção para os avós, logo após levantamento do mastro

com a Bandeira de Sant’Ana.

20h30 – Barraquinhas e Show com Grupo Kfé com Viola

 

DIA 27/07 (SÁBADO)

Praça de Esportes

14h – Campeonato Municipal de futebol Society

Quadra de Esportes do Bairro Morada da Serra

11h – Espetáculo O Quintal da Guegué– Classificação Livre

Igreja de Sant’Ana – Arraial Velho

19h – Reza do Terço

19h30 – Santa Missa com benção para os avós, logo após levantamento do mastro

com a Bandeira de Sant’Ana.

20h30 – Barraquinhas e Show com Raul Neto e Arthur

Praça Melo Viana

19h30 – Orquestra Ouro Preto e Fernanda Takai

 

DIA 28/07 (DOMINGO)

Clube Siderúrgica

08h – Trilhão Unificado 300 e tantos anos Sabará

Igreja de Sant’Ana – Arraial Velho

11h – Missa Festiva, logo após apresentação da quadrilha Renascer Junino

Casa Azul, barraquinhas, leilão e outras atrações.

Igreja de São Sebastião – General Carneiro

10h – IV Encontro de Congadeiros

Congados:

Guarda de Marujos Nossa Senhora do Rosário – Roça Grande/MG

Guarda de Marujos Nossa Senhora do Rosário–General Carneiro/MG

Guarda de Marujos Nossa Senhora Aparecida –Nações Unidas/MG

Guarda de Marujos São Sebastião de General Carneiro – General Carneiro /MG

Guarda de Marujos Nossa Senhora do Rosário – Ravena/MG

Guarda de Marujos Santo Expedito – Ravena/MG

Praça do Povo – Bairro Fátima

11h – Espetáculo: O Quintal da Guegué – Classificação Livre

Praça Santa Rita

10h – Feira de Artesanato

10h – DJ Ronildo

14h – Show Mistura Nossa

Centro Cultural José Costa Sepúlveda – Cine Bandeirante

16h – Espetáculo: Música para brincar

Grupo: O Quintal da Guegué

Entrada Gratuita* – Classificação Livre

Praça Melo Viana

15h – DJ Wanderson Siqueira

Encontro de Quadrilhas:

17h – Arraial do Morro

17h30 – Maluca

18h – Renascer Junino Casa Azul

18h30 – São Mateus

19h – Sem Nome

19h30 – Nova Geração

*Os Ingressos deverão ser retirados

na Sec. Mun. de Cultura.

(Rua D. Pedro II, nº 72 – Centro)

 

Sobre Sabará

A história de Sabará tem suas raízes nos primórdios da colonização do Brasil e está intimamente relacionada à lenda do sabarabuçu, região de limites. O sabarabuçu fervilhou na imaginação dos colonizadores, que buscavam no sertão “uma serra feita de prata e pedras preciosas”. O sertanista paulista capitão Matias Cardoso de Albuquerque foi eleito, por Fernão Dias Paes, o líder da equipe de vanguarda da Bandeira das Esmeraldas. Seu objetivo era preparar o caminho, abrir picadas implantar roças e pouso. Depois de muito viajar, Matias de Albuquerque encontrou um local favorável para a implantação de roças, com fonte de água, livre de perigo das enchentes e um ponto de travessia do rio a pé. Assim, Sabará passou a ser local de pousada para a travessia do sertão.

Em 1674, chegou à região a bandeira de Fernão Dias Paes, dando início ao que tornar-se-ia o mais importante arraial fundado pelo bandeirante paulista. Entretanto, insigne publicação do historiador professor Zoroastro Viana Passos cita que os baianos chegaram aos sertões de Sabará, em 1555, muito antes dos bandeirantes paulistas. Existem algumas citações de que Borba Gato, quando aqui chegou, assistiu missa em uma pequena capela já existente.

O Arraial da Barra do Sabará, foi o centro comercial estratégico diretamente ligado à Estrada Real, já por volta de 1700, possuía intensa movimentação, sendo um dos mais populosos das Minas. Em 1711, foi elevado à condição de Vila Real de Nossa Senhora da Conceição do Sabará, também conhecida como Vila do Sabará. Três anos depois, tornou-se sede da extensa Comarca do Rio das Velhas, cuja jurisdição alcançava os limites de Goiás, Pernambuco e Bahia.

O fastio de ouro fez a Coroa Portuguesa instalar as casas de Fundição, a fim de serem cobrados os impostos sobre a produção aurífera. Contudo, terminado o Ciclo do Ouro, Sabará manteve uma relativa atividade comercial até boa parte do século XIX e, ainda hoje, o ouro é explorado no município. Em 1822, Sabará contribui com uma significativa importância em dinheiro e com voluntários para a luta pela Independência. A chegada da Ferrovia Central do Brasil à Sabará, inaugurou o Ciclo do Ferro, que também persiste até os dias atuais.

Muitos resquícios do período colonial esperam por serem descobertos. Recentemente, foram feitas prospecções ao longo da Estrada Real e do Caminho da Bahia e algumas edificações e ruínas merecem destaque, como é o caso do Calçamento e do Forno de Cal, encontrados no Conjunto Paisagístico do Morro São Francisco, das ruínas do Arraial Velho e do dito Cemitério dos Ingleses, na mata da Serra da Piedade, próximo ao Arraial de Pompéu. No Centro Histórico está localizado a maioria dos atrativos históricos e arquitetônicos: igrejas do século XVIII, o Teatro Municipal, Museu do Ouro, chafarizes e o casario de arquitetura colonial. Há igrejas em Sabará que mesclam características artísticas de diferentes fases do barroco mineiro. A Matriz de Nossa Senhora da Conceição apresenta características de três períodos da Arte Barroca, fato raro nas cidades históricas de Minas Gerais.

O Festival de Inverno de Sabará é realizado através da lei de incentivo a cultura e tem como patrocinadores a Anglo Gold Ashanti, Macaúbas, apoio da Padaria Vô Pedro, gestão de Huemara Neves e JH Produções e Secretarias de Cultura, Turismo e Meio Ambiente de Sabará, além da Prefeitura Municipal de Sabará. A realização é da Secretaria Especial da Cultura e Ministéria da Cidadania do Governo Federal.

 

50ª edição do Festival de Inverno de Sabará – 2019
Data:
 Até o dia 28 de julho de 2019
Horário: a partir das 8h da manhã
Locais: espaço públicos e bairros da cidade
Mais informações: sabara.mg.gov.br 


Informações enviadas pela Assessoria de Imprensa.

Luiza e Mateus

www.casamil.com.br

 

[wp_bannerize group=”Institucional” no_html_wrap=”1″ random=”1″

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someonePrint this page

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *