2ª edição do VegExperience movimenta restaurantes de BH

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someonePrint this page

Além de reconhecida como a capital dos restaurantes e botecos, Belo Horizonte conta também com uma grande diversidade de sabores em sua gastronomia.

Tem opções para vários paladares e bolsos, produzidas por cozinheiros e chefes de primeira linha. Pensando nisso e com objetivo de tornar a cidade ainda mais amigável, receptiva e diversa, o “Viverdequê”, um projeto sem fundos lucrativos voltado para alimentação e hábitos saudáveis, criou o VegExperience e realiza a segunda edição do festival gastronômico vegetariano e vegano (sem nada de origem animal), de 4 de outubro a 4 de novembro.

O festival vai reunir 12 restaurantes tradicionais da capital, para oferecer uma experiência vegetariana e vegana, a preços promocionais.

Quem quiser participar do VegExperience 2018 deve comprar o passaporte (R$49,90), que dará descontos de 50% nos pratos dos restaurantes participantes do festival e o direito a participação do sorteio de uma viagem (ida e volta) para Londres, ao término do festival. Para adquirir acesse o site.

“A ideia do festival é fazer com que BH seja mais inclusiva também na área de alimentação não animal, já que ainda faltam opções de pratos vegetarianos e veganos, diferente de outros centros gastronômicos. No exterior, principalmente, você acha com facilidade esse tipo de comida”, explica a influenciadora digital gastronômica e criadora do festival, Débora Campos.

Os restaurantes participantes são: Camaradería Gastrobar (Funcionários/BH), Duke N’Duke (Centro/BH); Duke N’Duke (Buritis/BH); Duke N’Duke (Savassi/BH); Duke N’Duke (Vila da Serra/Nova Lima); Est! Est! Est!!! (Funcionários/BH); Est! Est! Est!!! (Alphaville/Nova Lima); Namah Bistrô (Lourdes/BH); Patuscada (Funcionários/BH); Pellegrino (Anchieta/BH); Pinguim (Sion/BH); Primeli (Horto/BH); Trindade (Lourdes/BH); Único (Pampulha/BH); Villa Celimontana (Pampulha/BH) e Wälls Gastropub (Savassi/BH).

MERCADO EM CRESCIMENTO

O mercado gastronômico vegetariano e vegano não para de crescer. Segundo o Ibope, em recente pesquisa realizada em 2018, aproximadamente 14% dos brasileiros se declaram vegetarianos atualmente, cerca de 30 milhões de pessoas.

De acordo com a pesquisa, 55% dos entrevistados consumiriam mais produtos veganos se houvesse uma melhor sinalização nas embalagens. E, caso esses alimentos tivessem preços similares ao de origem animal, 60% dos entrevistados dariam preferência aos produtos veganos na hora da compra. Nas capitais, esse percentual chegou a 65%.

O festival, então, visa transformar a capital mineira numa cidade mais inclusiva para vegetarianos e veganos, tanto locais como turistas que já encontram diversas opções lá fora. “As pessoas exigem cada vez mais opções saudáveis para a dieta, como low carbs, sem glúten, com pouco açúcar, entre outras. E, já que o veganismo existe há muitos anos, por que então não incluí-lo no cardápio regular?”, pergunta Débora Campos.

Todos os pratos do festival estarão no cardápio dos restaurantes participantes durante o mês de setembro, todos a preços promocionais. A partir de outubro, vão entrar no cardápio regular dos estabelecimentos. “Estou desafiando os grandes chefes de BH a criarem pratos com esse tema e juntos oferecermos mais corredores gastronômicos, numa cidade inclusiva e diversificada”, ressalta a idealizadora.

SOBRE DÉBORA CAMPOS

Débora Campos é publicitária, criadora do blog Viverdequê? e estudante de Gastronomia no SENAC. A inspiração para produzir pratos saudáveis e especiais surgiu com a maternidade.

Há 12 anos, ela adotou Tiago e Gabriela, quando estavam com 6 e 7 anos, respectivamente. Seguindo orientação médica para melhorar a saúde dos filhos, Débora fez alterações no cardápio da família.

A partir de então, a missão se tornou levar a importância da alimentação saudável ao maior número possível de pessoas. Hoje, o Viverdequê? já conquistou mais de 2,5 milhões de acessos, além de mais de 43 mil inscritos no YouTube, 18,3 mil seguidores no Instagram e quase 69 mil curtidas no Facebook.

 

Luiza e Mateus

www.casamil.com.br

Informações enviadas pela Assessoria Hipertexto

Foto de capa: Duke N’Duke / Débora Gabrich

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someonePrint this page

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *