Buenos Aires e a tradição do café

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someonePrint this page

Buenos Aires não foi uma viagem comum, foi a nossa primeira experiência internacional juntos, que rendeu dias maravilhosos, cheios de alegria e muita coisa pra contar.

Nesta viagem descobrimos uma Buenos Aires extremamente cultural, e dentro dessa cultura percebemos que uma ação, que para nós é comum, se torna algo quase que “religioso” e envolve as cafeterias da cidade.

Sentar em uma cafeteria em Buenos Aires não é apenas um momento para tomar um café, é um momento para relaxar, ler um livro, encontrar amigos ou simplesmente assistir a vida cotidiana.

O que nós brasileiros amamos fazer em um boteco, tomar uma cerveja gelada e jogar conversa fora, em Buenos Aires é o que você mais encontra nas cafeterias, pessoas conversando por horas, enquanto experimentam diferentes tipos de cafés e quitutes. Ficamos admirados!

Nós entramos no clima e durante nossa passagem conhecemos algumas que indicamos nessa matéria. Pegue um bom café e acompanhe com a gente!

Um dos motivos de não optarmos pelo café da manhã em nosso hotel foi a oportunidade de viver um pouquinho da essência portenha logo cedo, cada dia escolhendo um local diferente. Tivemos experiências maravilhosas, conhecemos cafeterias mais simples (que voltamos diversas vezes… rsrs…) e cafeterias mais requintadas, espalhadas em cada esquina da cidade.

CAFÉ MARTINEZ

No primeiro dia visitamos a cafeteria mais próxima do hotel, exatamente em frente, o Café Martinez. Descobrimos depois que essa cafeteria na verdade é uma rede, espalhada por toda a cidade, e vendem o Café Martinez, de produção própria.

O ambiente é bem gostoso, tem diversas opções de salgados, doces, pães e medialunas.

A decoração é outro ponto positivo, é uma cafeteria nova, moderna e aconchegante, perfeita para um brunch.

Vários cafés da manhã na Cafeteria Martinez

Cafés de produção própria

O preço está na média, não é o mais barato nem o mais caro… cobram um valor justo.

Preço: $$
Endereço: Av. Presidente Roque Sáenz Peña, 1141 – Centro

 CAFETERIA/BAR EL JULIO

Ainda próximo ao hotel que hospedamos, ao lado do Café Martinez, encontramos a melhor medialuna de Buenos Aires! Que sorte!

Essa cafeteria aqui no Brasil seria enquadrada na categoria “boteco”, e é! O lugar é bem simples, com decoração antiga e uma pegada boêmia, e serve café, almoço e jantar. De noite você pode se sentar para curtir uma música ao vivo (voz e violão) e tomar aquela Quilmes gelada.

Oferecem um cardápio bem extenso, com muitas opções, mas de longe escolhemos como a melhor medialuna de BA, e só de lembrar já bate saudade.

El Julio é aquele lugar que é bom pro gosto e bom pro bolso. O nosso café da manhã saiu em média por 35 pesos, um café e duas medialunas.

Preço: $
Endereço: Av. Presidente Roque Sáenz Peña, 1125 – Centro

ALMA CAFÉ

O Alma Café é de longe a cafeteria mais linda que estivemos, tem uma decoração maravilhosa e todos os detalhes, xícaras e pratos onde as refeições são servidas é um encanto.

O lugar estava bem cheio (e provavelmente deve ser sempre assim), então o nosso pedido demorou um bocado, um ponto bem negativo pra cafeteria.

As delícias do Café Alma

Mas se aguentar esperar um pouco além do normal vai conhecer sabores incríveis que valem a pena! O brunch é simplesmente maravilhoso, quase que um almoço, muitíssimo bem servido e gostoso.

O lugar é alem de tudo um excelente lugar para ficar horas batendo um gostoso papo.

Preço:$$$
Endereço: Cerrito 304 – Centro

STARBUCKS

Nós Belorizontinos não podemos ver uma loja do Starbucks que logo queremos entrar como se fosse a sétima maravilha do mundo! Rsrs… Talvez pela carência de não termos em nossa cidade.

A franquia está presente em toda Buenos Aires, e se você tropeçar cai dentro de uma. Mas queríamos mais do que ir ao Starbucks. Queríamos sentar, ver as pessoas caminhando na rua, sentir o clima do lugar e aproveitar aquele raro momento.

Ninguém resiste ao Starbucks

Café com a melhor vista de todo o Starbucks

Optamos então por visitar a loja da rede mais bonita de Buenos Aires, com dois andares, mobiliário rústico e muito confortável. Essa loja fica no início da Calle Florida, famosa rua de compras de BA.

Sobre o café, bom, é o padrão Starbucks, sem nenhuma surpresa, mas os donuts e muffins estavam deliciosos!

Preço: $$$
Endereço: Calle Florida, 1 – Microcentro

 LE PAIN QUOTIDIEN

Outra surpresa maravilhosa que tivemos em relação as cafeterias foi a Le Pain Quotidien, que depois descobrimos que existe unidades no Brasil, em São Paulo para sermos exatos. Já queremos visitar!

A unidade que conhecemos foi descoberta meio que por acaso, enquanto estávamos caminhando pelas ruas de Puerto Madero, após o almoço.

Não tem como não ficar feliz em um lugar como esse

Olha o tamanho dessa medialuna!

Ficamos simplesmente maravilhados com tamanho sabor e qualidade dos quitutes, cafés e chocolates que experimentamos. Sem falar da fartura, que é de longe uma das principais qualidades da casa. As medialunas que pedimos eram simplesmente enormes, todas recheadas com doce de leite (Sem-or!)

Preço: $$$
Endereço: Av. Alicia Moreau de Justo, 246 – Puerto Madero

CACHAFAZ CAFETERIA

Cachafaz é um dos melhores alfajors que experimentamos em Buenos Aires, então claro que iríamos parar na cafeteria da marca para nos deliciarmos!

Encontramos um quiosque da Cafeteria Cachafaz dentro das Galerias Pacífico, e ali sentamos.

O quiosque é pequeno, mas muito funcional. Pediu, pagou, sentou, comeu, sorriu!

Café com um dos melhores alfajores

Um simpático quiosque dentro da Galerias Pacífico

Lá eles servem cafés deliciosos, alguns tipos de salgados e claro, alfajores de todos os tipos, sabores e combinações.

Preço: $$$$
Endereço: Av. Córdoba 550 – Microcentro

 CAFETERIA HAVANNA

Sem dúvida Havanna é a marca de alfajor mais famosa de Buenos Aires, espalhada por toda a cidade com cafeterias, lojinhas de presentes e quiosque de alfajor.

Então porque não conhecer uma das lojas em sua cidade de origem? Na verdade visitamos duas, uma no centro, perto do nosso hotel e outra em Puerto Madero.

Havanna também foi “alvo” do nosso turismo cafeeiro

Adoramos as variedades de cafés, as combinações que fazem com doce de leite e alfajors e os preços. O ambiente é padrão em todas as lojas da franquia, mas é bem gostosinho de sentar e ai ficar por bons momentos.

Preço: $$$
Endereço: Av. Corrientes 1225 – Centro / Pierina Dealessi 1166 – Puerto Madero

E para encerramos a serie cafeterias, o estrelado e famoso café Tortoni.

CAFÉ TORTONI

É claro que iriamos falar do Café Tortoni, neh?! Como ir a Buenos Aires e não conhecer?

O Café Tortoni é um dos mais antigos de Buenos Aires e é o mais visitado por turistas e moradores locais.

Uma visita ao tradicional Café Tortoni

Só para ter uma ideia de como foi nossa visita, nós pegamos fila para entrar em plena sexta-feira a tarde.

O lugar não tem um dos melhores atendimentos, com garçons apressados e muitas vezes mau humorados e os cafés não são os melhores que você irá experimentar… mas então porque conhecer?

Simplesmente porque é o Café Tortoni. O lugar se mistura com a história de Buenos Aires e tem grande importância na formação literária da cidade. Sem falar na decoração fantástica que preserva móveis e adornos desde a fundação e a oportunidade de assistir shows de tango tradicionalíssimos.

Preço: $$$$
Endereço: Av. de Mayo 825 – Centro

 

Luiza e Mateus

www.casalmil.com.br

Estivemos em Buenos Aires entre os dias 2 e 8 de agosto de 2018. Todas as opiniões aqui relatadas são isentas e imparciais, o que reflete nossa real experiência.

 

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someonePrint this page

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *